As diferentes formas de culote

Os culotes são difíceis de serem tratados apenas com exercício e alimentação adequados, já que podem ter origem genética. Além disso, existem diferentes tipos de culote: o fibroso, que apresenta uma maior consistência e celulite avançada; o menos fibroso, que, como o próprio nome já diz, é consistência macia, acompanha as formas do corpo, é menor e apresenta leve uma celulite; o não flácido, que pode ser resolvido com um procedimento de lipoescultura ou hidrolipo; e o flácido, que apresenta tamanho desproporcional e a pele flácida, de difícil retração após lipoaspiração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s